ACESSE

Cúpula das Forças Armadas considera branda pena a sargento preso com drogas na Espanha

Telegram

A condenação do sargento brasileiro Manoel Silva Rodrigues a seis anos de prisão pela Justiça espanhola foi considerada branda pela cúpula das Forças Armadas. Ele foi detido em 2019 com 39 quilos de cocaína quando viajava como parte da tripulação de apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo reportagem do O Estado de S. Paulo, diante da gravidade do crime e a quantidade de droga apreendida, militares brasileiros avaliaram que a pena foi pequena e aumenta a sensação de impunidade.

Um porta-voz do Judiciário espanhol informou nesta segunda que: “a Promotoria reduziu o pedido de prisão de oito anos para seis anos e um dia e a defesa do militar aceitou esta pena.”

Segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues. Foto: reprodução redes sociais

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 31 comentários