CUT quer “greve geral”

A CUT quer promover uma “greve geral” no País durante a Olimpíada.

De José Celestino Lourenço, “secretário nacional de Cultura da CUT”, a jornalistas:

“Diante da terra arrasada provocada por este governo golpista, não nos resta outra coisa que não seja organizar a classe trabalhadora para uma greve geral neste País. Se não caminharmos nesse sentido, a retirada de direitos será tamanha que voltaremos ao tempo da colonização.”

Isso, “greve geral”, CUT: convoque Rui Falcão, Lindbergh, Fátima Bezerra, Gleisi Hoffmann…

E não se esqueça da Letícia Sabatella.

Faça o primeiro comentário