Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Insider trading': CVM não vê resultado financeiro atípico em operação com ações da Petrobras

Insider trading: CVM não vê resultado financeiro atípico em operação com ações da Petrobras
financial graph on technology abstract background represent financial crisis,financial meltdown

Em ofício ao secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues, o presidente da CVM, Marcelo Barbosa, disse que a entidade não identificou lucro relevante na operação com ações da Petrobras na véspera do anúncio da saída de Roberto Castello Branco.

No documento, obtido por O Antagonista, Barbosa confirma a abertura de investigação para apurar suspeitas de insider trading, mas diz que “a operação descrita em diversas matérias jornalísticas envolvendo opções de venda PETRN265, no dia 18/2/2021, não foi levada a vencimento”.

Ou seja, o investidor teria liquidado posição ainda na sexta-feira e não na segunda-feira, dia de vencimento das opções.

Como denunciou a Abradin (Associação Brasileira de Investidores), se o investidor segurasse as 4 milhões de opções até o vencimento, teria um ganho de R$ 16,2 milhões.

“Ao menos as informações divulgadas em relação ao resultado financeiro da operação não foram detectadas”, comenta o presidente da CVM.

“De todo modo, permanecem em andamento as análises para a identificação de todas as operações com indícios de utilização de informação relevante não divulgada envolvendo ativos e derivativos relacionados à Petrobras no período indicado.”

Ele afirma ainda que o sigilo sobre as operações, inclusive a identidade do investidor, permanecerá preservado.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO