Da Funcef ao BNDES

As gravações obtidas por IstoÉ mostram dois momentos de Guilherme Lacerda, fundador da CUT indicado por Lula para presidir a Funcef.

Ao defender a aprovação do aporte de R$ 1,2 bilhão de investimento na Invepar, Lacerda diz o seguinte:

“Pontue qual é o incômodo maior de irregularidade e a gente vai tentar esclarecer, entendeu? Agora, eu queria também fazer um apelo, é um apelo, é um esforço muito grande o investimento que a gente tá, pode dar errado (…) mas é um investimento que vinha pensado aqui muitas vezes, na perspectiva de ter uma valorização grande.”

Em outra reunião, o sindicalista defende também a liberação de R$ 17 milhões para a falida Gradiente:

“Estamos à disposição pra vocês discutirem, chamar empresário aqui… Agora não é porque faz fofoca em jornal que eu vou deixar de olhar, entendeu? Não é porque o cara [dono da Gradiente, Eugênio Staub], apoiou Lula que eu vou fazer ou deixar de fazer.”

Depois de presidir a Funcef, Guilherme Lacerda foi promovido a diretor do BNDES. O que vocês acham que ele fez por lá?

Faça o primeiro comentário