Dá-se um jeitinho

Alexandre de Moraes acaba de informar que integrantes da Força Nacional, responsáveis pela segurança das instalações olímpicas, vão acumular serviço e cuidarão também da revista do público na entrada das arenas dos Jogos, informa O Globo.

Foi uma saída que o governo encontrou para as dificuldades assumidas pela empresa terceirizada Artel, que apresentou apenas 500 dos 3.400 funcionários esperados para atuar nos aparelhos de raio-X.

No Brasil, sempre se dá um jeitinho.