Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Dá vergonha de ser senador"

Roberto Rocha critica Davi Alcolumbre, que há mais de quatro meses trava no Senado a indicação de André Mendonça a uma vaga no STF
“Dá vergonha de ser senador”
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O senador Roberto Rocha, um ainda tucano bolsonarista, criticou Davi Alcolumbre (foto) por não pautar a sabatina de André Mendonça, indicado por Jair Bolsonaro a uma vaga no STF.

“Isso é um absurdo, uma loucura. Dá vergonha de ser senador em uma situação como essa”, disse Rocha a O Antagonista.

Um outro senador, em reservado, afirmou a este site que Rodrigo Pacheco está sendo cúmplice da omissão do colega do Amapá.

“Se o Pacheco quisesse mesmo, já teria levado o caso direto para o plenário ou dado um jeito de a sabatina ocorrer na CCJ mesmo.”

Ontem, como registramos, o presidente do Senado descartou levar o caso diretamente para o plenário.

Bolsonaro oficializou a indicação de Mendonça em 13 de julho, ou seja, mais de quatro meses atrás.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO