Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

‘Dados represados’, diz secretário de Saúde de SP após recorde de mortes

‘Dados represados’, diz secretário de Saúde de SP após recorde de mortes
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou há pouco que o recorde de 1.021 mortes no estado em 24 horas é fruto da atualização de dados de semanas anteriores que foram contabilizados apenas ontem.

“Esses dados, apesar de chocarem e chocam porque são realmente vidas que se perderam, eles não retratam essas 24 horas. São dados que eram represados e que foram aportados de forma abrupta agora nos dados da terça-feira”, disse em entrevista à Globo News.

Segundo ele, no domingo foram registradas 144 mortes e na segunda-feira, outras 44.

Leia mais: Epidemiologista afirma que, numa previsão otimista, a imunidade global só será atingida em meados de 2023.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO