Damares articula mudanças nas medidas protetivas

Telegram

Damares Alves disse que articula com a bancada feminina da Câmara dos Deputados e agentes de segurança uma revisão das medidas protetivas.

Em entrevista ao SBT, a ministra destacou o caso em que o autor da violência contra a mulher é um alcoólatra. Disse que é melhor oferecer tratamento para o alcoolismo do que “trancá-lo em uma cadeia”.

“Nós temos a experiência da medida protetiva. Em alguns casos, nós entramos na casa, tiramos a mulher e a criança e levamos as duas a um abrigo. Espera aí. Será que não dá para a gente retirar o agressor da casa, ele ser levado a um abrigo com tornozeleira e a mulher e a criança ficarem em casa?”

Carluxo vai levar? Saiba mais

E concluiu:

“Tem casos que não pode, que é risco de vida. Mas há casos em que a gente pode fazer o inverso: o homem vai para o abrigo ser tratado.”

Comentários

  • Lucia -

    Se o homem brasileiro é um troglodita, um perigo em potencial para a população feminina, então que se trate desse doente, ora bolas! O que não pode é deixar o sujeito solto por ai! Tratamento - sim!!

  • Fabricio -

    Tá certa.

  • Aparecido -

    Uma pergunta : homem tem medida protetiva contra a mulher ??? a minha não para de gastar meu dinheiro.. exijo uma medida protetiva urgente !!!!!!

Ler 12 comentários