ACESSE

Damares articula mudanças nas medidas protetivas

Telegram

Damares Alves disse que articula com a bancada feminina da Câmara dos Deputados e agentes de segurança uma revisão das medidas protetivas.

Em entrevista ao SBT, a ministra destacou o caso em que o autor da violência contra a mulher é um alcoólatra. Disse que é melhor oferecer tratamento para o alcoolismo do que “trancá-lo em uma cadeia”.

“Nós temos a experiência da medida protetiva. Em alguns casos, nós entramos na casa, tiramos a mulher e a criança e levamos as duas a um abrigo. Espera aí. Será que não dá para a gente retirar o agressor da casa, ele ser levado a um abrigo com tornozeleira e a mulher e a criança ficarem em casa?”

E concluiu:

“Tem casos que não pode, que é risco de vida. Mas há casos em que a gente pode fazer o inverso: o homem vai para o abrigo ser tratado.”

Futura ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, fala à imprensa no CCBB. Ela também ficará responsável pela Funai.

Carluxo vai levar? Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários