Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Damares pede apoio dos bispos católicos para barrar projeto da jogatina

Damares pede apoio dos bispos católicos para barrar projeto da jogatina
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, MMFDH, Damares Alves, durante palestra de abertura do diálogo Perspectivas dos Direitos Constitucionais Indígenas, no Ministério Público Federal.

Como antecipamos aqui, a ministra Damares Alves foi à CNBB ontem à tarde apresentar projetos de sua pasta à cúpula dos bispos católicos.

No encontro, apurou O Antagonista, Damares disse, por exemplo, que é preciso “unir forças” para barrar no Congresso o avanço da proposta para legalizar cassinos, bingos e afins no Brasil.

Em janeiro, como revelamos aqui, o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente da República, foi a Las Vegas — em viagem paga pelo Senado — tratar do assunto com o magnata Sheldon Adelson. A Crusoé fez reportagem — leia aqui — mostrando quem no Parlamento está interessado nesse projeto, que Rodrigo Maia pretende pautar em breve.

Apesar do envolvimento do filho do presidente no tema, Damares e boa parte da ala militar do governo são contra qualquer legalização dos jogos de azar. Integrantes da área econômica e do Ministério do Turismo, porém, são favoráveis, com os argumentos de que a jogatina geraria renda e emprego.

A bancada evangélica no Congresso, como também já registramos aqui, é irredutível em sua posição contrária.

Na CNBB, os bispos concordaram com a preocupação da ministra.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO