Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Datena diz que vai adiar filiação ao PSD

O apresentador disse que o cenário político sofreu muitas mudanças desde o acordo que fez com Gilberto Kassab, presidente nacional do partido
Datena diz que vai adiar filiação ao PSD
Reprodução

José Luiz Datena (foto) afirmou hoje, em entrevista ao Uol, não vai mais se filiar ao PSD na próxima quarta-feira (24), como estava previsto. O apresentador disse que o cenário político sofreu muitas mudanças desde o acordo que fez com o presidente nacional do partido, Gilberto Kassab. 

Datena afirmou que está perto do PSD, mas que também conversa com outras siglas. Ao justificar sua decisão, o apresentador mencionou a possibilidade de Geraldo Alckmin, que está de saída do PSDB e que também pode ir para o PSD, ser vice na chapa de Lula na corrida presidencial de 2022.

“De uma semana para cá, mudou o mundo. Uma implosão política aí. Então, cada um tem o seu tempo para escolher. Por que não posso ter o meu tempo?“, questionou.

Quando houve o acerto com Kassab, a ideia era que Datena fosse candidato ao Senado. O plano do presidente da sigla é esperar a filiação de Alckmin para fechar o palanque em São Paulo, mas a possibilidade de o ex-governador paulista ser vice Lula muda o cenário.

Diante da indefinição, Datena disse que deixou em aberto para Kassab a hipótese de ser candidato a governador pelo PSD caso Alckmin escolha outro caminho.

“Não sei qual é a pretensão de cada um deles. Se a do Kassab é fechar com o Lula lá na frente.”. 

O apresentador avalia que seria interessante o projeto envolvendo sua candidatura ao Legislativo e a de Alckmin ao governo paulista.

“Mas eu não dependo do Alckmin. Ele pode fechar com o Lula e eu fechar com o Kassab para Senado ou governo do estado. Provavelmente Senado. Gostaria de estar ao lado do Alckmin desde que ele esteja com gente que eu queira estar também“, acrescentou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....