Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Alcolumbre torra R$ 144 mil do cotão para se promover

Gastos referem-se às despesas entre janeiro e junho de 2021 destinadas à "divulgação da atividade parlamentar" do ex-presidente do Senado
Alcolumbre torra R$ 144 mil do cotão para se promover
Foto: Pedro França/Agência Senado

Davi Alcolumbre, senador pelo Amapá e ex-presidente do Senado, gastou em 2021 somente com “divulgação da atividade parlamentar” o total de R$ 144 mil da cota parlamentar, o chamado cotão.

Os valores referem-se a gastos entre janeiro e junho, com despesas mensais que variam de R$ 22,5 mil a R$ 26,5 mil.

Cotão é dinheiro público a que os congressistas têm direito a gastar com quase tudo o que você imaginar.

Os serviços contratados e ressarcidos pelo Senado incluem consultoria em marketing e propaganda e assessoria de imprensa, por exemplo.

Atualmente, Alcolumbre preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. No início deste ano, ele foi impedido, por decisão do STF, de tentar a reeleição inconstitucional à frente do Senado. Senadores próximos disseram a O Antagonista nos últimos dias que ele ainda não se acostumou com a perda de poder.

Leia também: Aprovação de André Mendonça não será rápida nem barata

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO