Dayane Pimentel: "O presidente diz: 'Assina, senão é meu inimigo'. Quem é que não ia assinar?"

No áudio a que O Antagonista teve acesso de uma reunião na noite de ontem com deputados do PSL, a deputada Professora Dayane Pimentel comenta a decisão de Jair Bolsonaro de pedir apoio para trocar Delegado Waldir por seu filho Eduardo na liderança do partido na Câmara.

“O presidente diz: ‘Assina, senão é meu inimigo’. Quem é que não ia assinar? Por isso que eu não fui.”

Ele, de fato, não foi ao Planalto e não assinou as listas que indicavam Eduardo para a liderança.

Comentários

  • Rogemon -

    Bolsonaro dá sinais de ser um ditador de mmerda!!! Votei nesse cidadão, mas nunca cometerei o mesmo erro, ou cairei no mesmpo engodo!

  • Marcos -

    Assina não pra tu ver.....olha o que fizeram com a vereadora do Rio kkkkk

  • CELSO -

    Traira sem escrupulos querendo jogar a culpa no Presidente tenha a paciencia desqualificada

Ler 52 comentários