De Bolsonaro para Fidel

Jair Bolsonaro escreveu em suas redes sociais:

“Fidel Castro morreu. O exterminador de liberdades e promotor da miséria se foi. O mundo democrático deseja-lhe estadia eterna nas profundezas do inferno.”

Faça o primeiro comentário