​De Gilmar para Janot

Na condição de presidente do TSE, Gilmar Mendes visitou uma seção eleitoral no Rio, onde disse o seguinte:

“Temos muita investigação aberta na Lava Jato, mas pouca denúncia oferecida. São 12 ou 14. As denúncias recebidas terão decisão, mas há um só relator, que está sobrecarregado. Hoje, meio Congresso é investigado”, disse, segundo o Estadão.

Sem deixar de lado a morosidade do STF, Mendes lembrou a do MPF.

Faça o primeiro comentário