De Graciliano Ramos a José Dirceu

Na prisão, Graciliano Ramos escreveu “Memórias do Cárcere”.

Na prisão, José Dirceu escreve “Observações de um Corrupto”.

A decadência da literatura nacional é evidente como a da esquerda nativa.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

© 2017 - O ANTAGONISTA Todos os direitos reservados