Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

De olho no Senado

Lula e Jair Bolsonaro resolveram priorizar a eleição de senadores em detrimento das disputas de governos estaduais no próximo ano
De olho no Senado
Reprodução/Twitter/Radio Itatiaia

A Folha diz que Lula e Jair Bolsonaro resolveram priorizar a eleição de senadores em detrimento das disputas de governos estaduais no próximo ano. “O objetivo é eleger uma bancada forte para dar sustentação ao governo no Congresso Nacional a partir de 2023.”

Para isso, petistas e bolsonaristas devem apoiar candidatos a governos estaduais de outros partidos e negociar para ocupar nas chapas a vaga de senador. “Em 2022, haverá apenas uma vaga em disputa em cada um dos 26 estados e no Distrito Federal.”

O assunto esteve na pauta da reunião desta segunda-feira (4), em Brasília, entre Lula e a bancada petista no Congresso.

Em agosto, em entrevista à Rádio Jornal de Pernambuco, Bolsonaro também tornou pública a linha de estratégia que deve adotar para 2022 nos estados.

“Caso dispute a eleição, tenho interesse em uma bancada de deputado federal e de senadores. Interessa governador? Interessa. Mas ficaria em segundo plano, até porque não consegui, até o momento, um partido para dizer que vamos disputar as eleições. O nosso compromisso é esse, deixo o governo do estado para segundo plano.”

 

A Terceira Via deveria fazer o mesmo e lançar ao Senado os atuais presidenciáveis que não despontam nas pesquisas para o Palácio do Planalto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO