De onde sairá o dinheiro para o Bolsa Família de Bolsonaro?

Com as fontes da economia retraídas após o pito que Jair Bolsonaro deu diante do vazamento da possibilidade de congelamento de aposentadorias para bancar o Renda Brasil, a imprensa especula sobre a receita do programa assistencial.

O Estadão diz que a avaliação no governo é a de que ainda há “gordura” nos custos com a máquina administrativa e com servidores.

Avalia-se, segundo o jornal, que dá para cortar custos com contratação de mão de obra terceirizada, funcionalismo, incluindo auxílio alimentação, viagens, treinamentos e também penduricalhos.

A ideia de desindexação e desvinculação, como temos mostrado, também não está descartada.

Jair Bolsonaro se reúne nesta manhã com lideranças do governo no Congresso e o relator da PEC do pacto federativo, senador Márcio Bittar.

Leia mais: Diogo Mainardi: o interesse de Bolsonaro, Gilmar e Toffoli pelo jornalismo independente
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários
TOPO