De Paris, com carinho, para Adriana Ancelmo

A ministra do STJ Maria Thereza de Assis Moura estava em Paris quando autorizou a prisão domiciliar de Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, informou a coluna Painel, da Folha. Segundo a assessoria do tribunal, participa de uma missão de cooperação internacional na capital francesa.

O Antagonista soube que o ministro Luis Felipe Salomão tem conversado muito com Maria Thereza.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 1 comentários
  1. Propaganda-Publicidade ajuda e muito! [veja produto vendido a pouco: a “Coração-Valente©” Sem precisar de “dinheiro” pra comprar; que vendeu muiiito mesmo!] Engana-se e se cai. Eis: o Milionário-João-Santana, publicitário do Lula-Dilma-PT, e Mônica-Milionária-Moura [«Danoninho Vale por 1 Bifinho»] é que convenceram — e convencem ainda — a ACHAR Q o PT, o Petismo e Lula são “O Cara”, “””guerreiro””, que é doce Coração-Valente© (rsrs), q está do lado do pobre etc. Tudo embuste, picaretagem, charlatanismo, vigarice do PT, de dilma (a-baranga-de-BH) e do brega PT. Propaganda & publicidade