​De que lado estão os parlamentares

O advogado Modesto Carvalhosa escreve um artigo demolidor no Estadão. Ele compara a obscena reação de parlamentares brasileiros à Lata Jato à resposta dos políticos italianos à Operação Mãos Limpas, que teve o mesmo efeito dedetizante nos anos 2000.

Leiam, por favor:

“Como toda a população brasileira sabe, o Congresso Nacional está dividido em dois blocos. O primeiro, o grupo dos deputados que formam a combativa Frente Parlamentar Anticorrupção, presidida pelo deputado Antonio Carlos Mendes Thame e da qual participam os deputados Onyx Lorenzoni, Joaquim Passarinho e dezenas de outros abnegados. No lado oposto, o sinistro bloco Pro Corrupcione, liderado pelo presidente do Senado, pelo líder do governo no Congresso (“é preciso estancar a sangria”) e pelo líder do governo na Câmara dos Deputados, tendo como braço seguro, no Poder Executivo, o ministro da Transparência.”

Faça o primeiro comentário