De Rosemary a Geddel

A PF disse ao Estadão que o Geddelgate segue o mesmo padrão dos crimes investigados na Operação Porto Seguro, de 2012.

“À época, a investigação mirou José Weber Holanda, braço direito do então advogado-geral da União, Luís Inácio Adams.

O Ministério Público Federal denunciou 24 pessoas por participação no esquema, incluindo a ex-chefe de gabinete da Presidência da República Rosemary Noronha, amiga íntima do ex-presidente Lula. O grupo teria corrompido agentes públicos para obter uma autorização para construir um porto privado na Ilha de Bagres, em Santos”.

Faça o primeiro comentário