De testemunha a informante

Ricardo Lewandowski tirou a condição de testemunha de Júlio Marcelo de Oliveira, porque ele participou de manifestação em defesa do papel do TCU na rejeição das contas de Dilma Rousseff, mas lhe conferiu a condição de “informante”.

Na teoria, colocou-o sob suspeição, mas na prática isso não significa nada.

Faça o primeiro comentário