ACESSE

Deborah Secco responde a Bolsonaro: "Chocada"

Telegram

Protagonista do filme “Bruna Surfistinha”, de 2011, alvo de críticas de Jair Bolsonaro ontem, a atriz Deborah Secco se manifestou publicamente e disse estar “chocada” com os comentários do presidente.

“Fico um pouco chocada com o ‘Bruna’ ter sido colocado nesse lugar. O filme retrata uma história real não só da Raquel [Pacheco, ex-garota de programa que inspirou a personagem], mas de outras milhares de mulheres que se encontram nessa situação. O que a gente queria com o filme era debater e falar sobre como nós, como a população, lida com essa realidade”, afirmou a atriz.

Deborah disse também:

“Uma das funções da arte é esta: fazer com que a gente consiga debater questões que podem ser esquecidas ou são escondidas.”

Ontem, durante a cerimônia pelos 200 dias de governo, Bolsonaro disse: “Eu não posso admitir que, com o dinheiro público, se faça um filme como ‘Bruna Surfistinha’. Não temos problema com essa opção ou aquela. O ativismo é que não podemos permitir, em respeito com as famílias”.

Bolsonaro enquadra os generais. CONFIRA

Comentários

  • CARLOS -

    Ooo ignorante, ele está contra o governo patrocinar essa merda de filme e não contra o filme. Precisa desenhar? Vai fazer o que está acostumada e não enche o saco.

  • Oswaldo -

    Sempre o mesmo discurso. Arte de verdade não dá bilheteria no Brasil. Querem faturar com phutaria e procuram desculpas hipócritas.

  • Isaias -

    Quando os esquerdistas vão entender que as pessoas querem que o dinheiro público seja investido em saúde, educação, segurança, etc? Que cinema é coisa que pode e deve ser feita com dinheiro particular

Ler 230 comentários