Decisão de Dodge acelera lobby pela manutenção do auxílio-moradia

A decisão de Raquel de recorrer ao STF para evitar fim do auxílio-moradia “acelerou lobby de entidades de classe que tentam convencer os conselhos de suas categorias a regulamentar, ainda este ano, o pagamento do benefício”, registra a Folha.

A Associação Nacional dos Procuradores da República, por exemplo, já iniciou peregrinação pelos gabinetes do Conselho Nacional do Ministério Público.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 47 comentários
  1. Dodge, Fux, Toffoli, Moro, Bretas, JUSTIÇA, MPF… Os Guardiões da “Moralidade” e “Probidade” no serviço público… pros outros, é claro, pois quando é com eles, “Farinha Pouca, Meu Pirão

  2. Esta Dodge está descalibrada. Como é possível que acelerando, como estava, agora me engata esta marcha a ré??? Será que, além dos juízes do STF, também os procuradores são loucos por dinheiro

  3. Indecente. Alguém precisa dizer que o SALÁRIO que as pessoas recebem deve servir para pagar moradia, alimentação, transporte. Ninguém tira todo o salário livre para usar somente com lazer.

  4. Já disse antes: Só a “Velhinha de Taubaté” acreditou que o auxílio moradia seria extinto em troca da aprovação do auumento do judiciário. Era óbvio desde o início que manobravam para ficar

  5. A trama previamente arquitetada está em curso. Eu já previa isso. Tiveram o reajuste e vão continuar mantendo o auxílio moradia e os corruptos vão ser soltos e suas penalidades quase extintas. MU

  6. Duas instituições nojentas : MP e Judiciário, com raríssimas exceções , seus integrantes são mafiosos preocupados apenas com suas regalias e sempre que podem mordem um dindim. Podres !

  7. Os funcionários públicos desconsideram sua responsabilidade social diante de 1/4 da população economicamente ativa estar fora do mercado formal. É desconhecer que seus filhos vivem neste meio.

  8. O problema do Brasil é o corporativismo do funcionalismo público e a constituição de 88, dita cidadã, com seus direitos adquiridos e mamatas. Tenho pena do Bolsonaro, pois não vai governar.

    1. Simmmmmmm,,tanto q apelam a cada segundo contra uma nova constituição,,e para esse país virar país de verdade,,SÓ OUTRA CONSTITUIÇÃO..mas os VAGABUNDO(A)S não querem pq senão eles acabam!!!!!

  9. Estava mais do q na cara. Garantiram o aumentão e, agora, não abrem mão do auxílio moradia. Tudo, com o ajuda do Senado e do indecente da silva q ocupa a cadeira do Planalto. E pra nós, ó….

  10. Antagonista ñ comentou o ESCÁRNIO do auxílio-mudança. Os novos eleitos p/ o CN terão esta ajuda. E os q foram reeleitos, s/ sair de Brasília, receberão a ajuda 2 VEZES! Tudo somado serão MIL

  11. Simples de o STF resolver. Coloca o auxílio moradia no teto. Como os procuradores já ganham o teto, mesmo que o auxílio moradia permaneça, ele será glosado. Ganharão, mas não levarão.

  12. Tomara que o Presidente Bolsonaro tenha a oportunidade e amparo legal para afastar esta sujeitinha da PGR logo agora, no princípio e colocar lá um PGR oriundo do Supremo Tribunal Militar!

  13. O Fux deu uma volta de 360° no vampiro Michel Temer. Quando o Fux indeferiu a liminar prol auxílio-moradia deixou uma lacuna exatamente para esse fim, ou seja, se vocês reverterem todos ganhamos.

  14. Entendam, o Brasil eh um verdadeiro corporativismo, e isto em todas as classes, algumas são fracas e outras fortes como o da Justiça que eh extremamente corrupta a começar pelas altas cortes e a PG

  15. Os caras não precisam dessa dinheirama. O fim do auxílio do judiciário poderia levar ao fim do auxílio dos parlamentares, a nível estadual e federal. O judiciário não ajuda!

    1. Não, só atrapalha! Se fosse colocado um tribunal de exceção no lugar deste tal sistema judiciário atual, a economia seria gigantesca. Que o Presidente corte 30% do orçamento deles e que se virem

    1. Sim! São traidores da pátria esquartejada durante o maldito governo petista, ou seja, governo deles que sobraram para a desgraça dos brasileiros!

  16. Tudo isso previamente orquestrado, o descaramento é tão grande que não tem como disfarçar o teatro montado pelo executivo e o judiciário. Esperemos pelos canalhas do congresso espúrio.

    1. Resposta possível: porque os do executivo estão sempre nas mãos deles, que têm o poder de enviá-los para a prisão. Tal não acontecia no fecundo governo dos militares, 1964 a 1984! Saudade imens

  17. Todo o mundo sabia que essa palhaçada de aumento do judiciário e extinção do auxílio moradia era apenas uma forma de Temer remunerar – com dinheiro público – os juízes que julgarão seus crime

  18. Ahhhhh! Botam a maior banca de moralistas e defensores do dinheiro público, mas abrir mão de auxílio-moradia – mesmo tendo casa na cidade onde trabalham, como Dallagnol – nem pensar!