Decisão de Kassio “gera insegurança muito grande”, diz Marco Aurélio

Decisão de Kassio “gera insegurança muito grande”, diz Marco Aurélio
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Marco Aurélio Mello disse neste domingo à CNN Brasil que não é competência do Supremo Tribunal Federal determinar a liberação de cultos e missas.

Para o ministro, a decisão de Kassio Nunes Marques sobre as celebrações religiosas presenciais “foge ao Judiciário”.

É uma questão de administração pública no âmbito do Poder Executivo, as providências tem que ser do Executivo. Nós não temos expertise na matéria. Como vamos nos pronunciar sobre ‘pode abrir isso’, ‘não pode abrir aquilo’. Isso gera uma insegurança muito grande”, afirmou.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO