Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Decisão de Mendonça sobre fundão mostra relevância do assunto, diz presidente do Novo

A ação movida pelo partido aponta ilegalidade na criação do fundo; em dezembro, o Congresso aprovou o Orçamento deste ano com a previsão de R$ 4,9 bilhões 
Decisão de Mendonça sobre fundão mostra relevância do assunto, diz presidente do Novo
Foto: Daniel Pereira/NOVO

O presidente do Novo, Eduardo Ribeiro (foto), afirmou que a decisão do ministro André Mendonça, do STF, de determinar que Jair Bolsonaro, a Câmara e o Senado apresentem informações sobre a aprovação do valor de R$ 5,7 bilhões para o fundo que vai financiar as eleições neste ano “mostra a relevância com que o assunto deve ser tratado”.

Ribeiro diz que está otimista em relação ao desfecho da ação, apresentada pelo partido em dezembro, e que será analisada pelo plenário do STF conforme sinalizou o ministro em seu despacho.

“Espero que haja uma decisão urgente sobre o assunto e que o aumento do fundo seja declarado inconstitucional. Consideramos esta aprovação uma imoralidade e feita por meio de mudanças de regras no apagar das luzes dos trabalhos legislativos”, disse o dirigente.

A ação movida pelo Novo aponta ilegalidade na criação do fundão. Em dezembro, o Congresso aprovou o Orçamento deste ano com a previsão de R$ 4,9 bilhões para o fundão.

Antes de entrar no mérito da questão, Mendonça fez o pedido por mais dados, em um prazo de cinco dias.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....