ACESSE

Decotelli presidiu FNDE sem entregar currículo, diz FNDE

Telegram

Carlos Alberto Decotelli chegou à presidência do FNDE sem entregar currículo. A informação é do próprio FNDE.

Por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), O Antagonista pediu o currículo de Decotelli em posse do FNDE logo antes de ele assumir a presidência da autarquia.

O FNDE informou não ter o currículo solicitado, “uma vez que não atuou na fase anterior à nomeação do servidor para o cargo comissionado”.

O Serviço de Informação ao Cidadão acrescentou: “Após [a] nomeação, é feito cadastro do documento no Sistema de Gestão de Competência (SGC) do FNDE. Porém, todos os currículos deixam de constar no SGC”.

Na resposta via LAI, o FNDE não informou quando e como os currículos “deixam de constar” no sistema.

Procurada por O Antagonista na quinta-feira (16), a assessoria de imprensa do FNDE não retornou os pedidos de mais esclarecimentos.

Decotelli foi nomeado presidente do FNDE em 5 de fevereiro de 2019 e exonerado no fim de agosto. O Antagonista não encontrou o nome dele no Diário Oficial no ano anterior.

Embora digam não terem recebido o currículo, notícia publicada no dia da nomeação no site do FNDE diz que Decotelli “realizou pós-doutorado na Bergische Universitãt Wuppertal, na Alemanha” e “é doutor em administração financeira pela Universidade Nacional de Rosário, na Argentina”. Sabemos hoje que ambas as afirmações são falsas. O próprio Decotelli as removeu de seu currículo Lattes.

Em formulário separado, a reportagem pediu o mesmo currículo ao MEC, que sugeriu entrar em contato diretamente com o FNDE.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação responde por um terço do orçamento do MEC. Segundo o Portal da Transparência, tem despesas previstas de quase R$ 54 bilhões este ano. O orçamento do MEC é de R$ 142 bilhões.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários