Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Decreto de Bolsonaro extingue Conselhinho, que poderá ser recriado por Guedes

O Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional, conhecido como Conselhinho, deveria ser extinto de acordo com o decreto 9.759 editado por Jair Bolsonaro em abril e que determinou o fim de centenas de colegiados da administração pública.

A intenção de Bolsonaro era extinguir tudo o que não foi criado por lei. Mas a assessoria jurídica do Ministério da Economia diz que existem leis que fazem referência ao Conselhinho, o que tornaria sua extinção problemática.

O Antagonista mostrou na semana passada que integrantes do Conselhinho, segunda instância para ilícitos administrativos do sistema financeiro, têm atuado para modificar a prescrição das investigações.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO