Decreto de Bolsonaro sobre posse de arma deve sair até 22 de janeiro

Telegram

A Folha afirma que o decreto de Jair Bolsonaro sobre armas de fogo deve ser assinado antes de sua participação no Fórum Econômico Mundial, em Davos, entre os dias 22 e 25 de janeiro.

A intenção do presidente com o decreto é permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal do país.

A iniciativa deve incluir anistia para pessoas que já têm armas e perderam o prazo de renovação e aumento do prazo de validade da autorização de posse, de 5 para 10 anos.

O seu sossego depende do sucesso de Sergio Moro. Leia aqui

“Ele deve implementar, com certeza, antes da viagem”, confirmou o vice-presidente, Hamilton Mourão, ao jornal paulistano.

Comentários

  • glauco -

    Posse de arma é um direito do cidadão em qualquer lugar do mundo. No Uruguai são muitas armas - 6 para cada 10 habitantes - e é o segundo menor indice de criminalidade da América do Sul.

  • Marcelo -

    Esse negócio de cofre é uma patetice.

  • Pedro -

    Taurus vai bombar na B3. Corram, bolsominions!

Ler 85 comentários