Decreto de Bolsonaro sobre voos da FAB é “menos abrangente” do que projeto do Senado, diz Soraya

Decreto de Bolsonaro sobre voos da FAB é “menos abrangente” do que projeto do Senado, diz Soraya
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa extraordinária. Em discurso, à tribuna, senadora Soraya Thronicke (PSL-MS). Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Como registramos, Jair Bolsonaro assinou ontem um decreto restringindo os voos da FAB por autoridades.

As novas normas assinadas pelo presidente foram uma forma de o Planalto se antecipar a um projeto que estava no Senado e que trata do assunto.

De autoria do senador Lasier Martins (Podemos-RS), a proposta estava pronta para ser votada em fevereiro, mas saiu da pauta a pedido da senadora Soraya Thronicke (PSL-MT).

A O Antagonista, Soraya afirmou que as normas assinadas por Bolsonaro nesta sexta-feira são “menos abrangentes” do que o PLS em discussão na Comissão das Relações Exteriores e Defesa Nacional.

“Mas acredito que isso seja para não engessar a administração pública, e sim apenas vetar a utilização por aqueles que realmente abusam da máquina pública”, afirmou.

“O decreto, que também é rígido, veio para organizar o que estava desorganizado, o ponto que faltava nos decretos anteriores sobre esse assunto.”

Leia também: Congresso X redução do gasto público. Por quê?
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO