ACESSE

Decreto permite à Infraestrutura requerer espaço em aeroportos e hospitais de campanha

Telegram

Acompanhe nossas notícias também pelo Google Notícias.

Acesse nossa página no serviço de notícias do Google e clique em SEGUIR ou no ícone

Um decreto publicado na edição de hoje do Diário Oficial permite a Tarcísio Freitas requerer o uso de bens e serviços de estatais ligadas ao Ministério da Infraestrutura durante a pandemia do novo coronavírus.

É um esforço da pasta para preparar o Brasil para a importação de produtos médico-hospitalares, como respiradores, e equipamentos de proteção individual.

Por meio do decreto, Tarcísio poderá requerer o pátio de aeroportos para eventual uso de aeronaves estacionadas. A pasta avalia contratar aviões cargueiros, utilizar aeronaves da FAB e fechar acordo com grandes empresas para buscar os materiais e equipamentos da China.

O texto também possibilita que o ministro utilize espaço das estatais para hospitais de campanha, a depender da necessidade, que se mostrará nas próximas semanas.

Leia também: Covid-19: Mandetta vence uma batalha. Vencerá a guerra?

Comentários

  • Aderbal -

    Não vejo o por que não usar a força aérea brasileira na logística da pandemia. A FAB tem centenas de aviões e pilotos, grandes aviões cargueiros e ficam falando em locar aeronaves?

  • MourãoJá! -

    Mais um ótimo ministro que com certeza fará um bom trabalho.

Ler 2 comentários