"Defender o Parlamento" será pré-requisito para apoio da oposição na Câmara

“Defender o Parlamento” será pré-requisito para apoio da oposição na Câmara
Foto: Reprodução/TV Câmara

O deputado André Figueiredo (PDT), líder da oposição na Câmara, disse a O Antagonista que seria difícil apoiar Aguinaldo Ribeiro (PP), Baleia Rossi (MDB) ou Luciano Bivar (PSL) — os três tentam o apoio de Rodrigo Maia para a sucessão na Casa, em fevereiro do ano que vem.

Questionado sobre a possibilidade de a oposição aderir, então, à candidatura de Arthur Lira, que tem o apoio de Jair Bolsonaro, ele respondeu:

“Não nos furtamos a conversar com ninguém. É preciso ver se os outros não representam também um caminho muito próximo ao bolsonarismo. O que queremos é um Parlamento independente, a prioridade é a independência do Poder Legislativo. E não está descartado termos um candidato que represente a oposição.”

Figueiredo acrescentou que Rodrigo Maia, que teve o apoio do PDT, tem “uma agenda liberal na economia”, mas “tem preservado a independência do Parlamento”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários
TOPO