ACESSE

Defensoria Pública vai advogar para Adélio

Telegram

Zanone Manuel de Oliveira Júnior deixou de advogar para Adélio Bispo de Oliveira, que agora será atendido pela Defensoria Pública da União.

A troca não interfere na investigação sobre quem pagou o advogado, pendente de liberação pela Justiça — a decisão caberá ao Supremo.

SUPREMO ESCÁRNIO! Mais aqui

Comentários

  • CLAUDIO -

    GM será sorteado e não permitirá nenhum advogado que possa descobrir os mandantes do psol e pt.

  • Maria -

    Interessante o advogado pago por um benfeitor misterioso estar caindo fora depois que o iraniano (mentiroso ou não) ofereceu informações sobre os mandantes do crime. Só coincidência?

  • Italo -

    Se a divulgação dos nomes dos mandantes dependerem de autorização do Supremo, podem esquecer, só sera dada em 2060 com otimismo.

Ler 36 comentários