Defensoria recorre para transferir Adélio para hospital

A Defensoria Pública da União recorreu da decisão de Kassio Marques que negou a transferência de Adélio Bispo da penitenciária federal de Campo Grande (MS) para um hospital psiquiátrico em Minas.

Pediu uma reconsideração ou uma decisão da Segunda Turma do STF.

“Pessoa absolvida em razão de sua inimputabilidade está sendo mantida no sistema penitenciário federal, cujo rigor é notório, enquanto, em verdade, merecia ser colocada em local em que recebesse tratamento adequado”, afirmou o órgão no recurso.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO