Defesa Civil de Brasília sugere fim do expediente mais cedo

Os gestores públicos de Brasília não param de passar vergonha no episódio do desabamento de parte de um viaduto no centro da capital.

A Defesa Civil, informa Renato Alves, do Correio Braziliense, sugeriu que o expediente na Esplanda dos Ministérios terminasse mais cedo hoje em razão do “trânsito carregado” após o fechamento de vias na região.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. BRASÍLIA, O MAIOR COCÔ ANTI ARQUITETÔNICO DO MUNDO. SE ACHAM QUE ESTOU EXAGERANDO, PESQUISEM, SOBRE AS OPINIÕES DOS MAIS RESPEITADOS ARQUITETOS, SOBRE A NOVACAP. CONSIDERAM, UM LIXÃO.

Ler mais 30 comentários
  1. BRASÍLIA, O MAIOR COCÔ ANTI ARQUITETÔNICO DO MUNDO. SE ACHAM QUE ESTOU EXAGERANDO, PESQUISEM, SOBRE AS OPINIÕES DOS MAIS RESPEITADOS ARQUITETOS, SOBRE A NOVACAP. CONSIDERAM, UM LIXÃO.

  2. desta vez as autoridades de Brasilia estão certas ao terminarem mais cedo o expediente na Esplanda dos Ministérios
    melhor ainda seria terminar de vez o expediente na Esplanda dos Ministérios

  3. Estão preocupados com os vagabundos da Esplanada, quando muitos nem lá
    Aparecem, e trabalham, digo, fazem hora, de terça a quintz-feira e terminam
    A semana. E quanto ao povo que realmente lavora? Lembrei, povo eh mero detalhe. Brasília começa a se destruir…moralmente já o fez…Ninguém digo
    Ninguém respeita ou considera nenhum deles nos poderes….

  4. ESTA ABERTO O BOLAO DE APOSTAS…

    O QUE VAI CAIR NOS PROXIMOS DIAS???

    01 – TEMER?
    02 – COXA?
    03 – LINDO?
    04 – CRIS?

    EBA, BRASILIA ESTA CAINDO!

    VIVA! VIVA!

    1. São as obras do comunistao niemayer!
      Tudo construído sem fiscalização. Mais areia do que cimento e ferro
      A Rodoviária central de Brasília, construída há cinquenta anos. A sua plataforma no entorno precisa de exame pericial urgente

  5. Muito pior que os viadutos que caem, são os milhares de cargos comissionados e funções gratificadas que sugam o parco orçamento de estatais como Embrapa, Serpro, Conab, Infraero, etc

  6. “Os gestores públicos de Brasília não param de passar vergonha …” ô Antas, eles estão realmente muito envergonhados e preocupados kkkkkkkkkkk não estão nem aí kkkkkk

  7. Juscelino Kubitschek teve boa intenção ao construir Brasília, mas como tudo neste país, só boas intenções não bastam. Ele acabou criando uma espécie de ilha da fantasia no cerrado, quem mora lá ou é político, familiares de políticos, funcionários ou assessores de políticos de confiança, ou funcionários públicos concursados, familiares e funcionários desses funcionários públicos.
    A visão dessas pessoas do Brasil, não converge com a realidade do restante do povo brasileiro. Eles são alienados do resto de nós!!

    1. Com certeza absoluta. A construção de Brasília e transferência da sede do governo para lá aprofundou ainda mais a tradição burocrática patrimonialista do Brasil (o país é patrimônio do governo). Criou-se uma torre de marfim onde habitam vsas excelências, ministros, funcionários públicos desconectados da realidade brasileira. Uma cidade que consome mais de trilhão de reais do brasileiros e não produz porcaria nenhuma. É bizarro ao extremo.

  8. Por isso que eu digo novamente: construam uma nova capital nos arredores de SP. Perto da população. Os protestos ficariam mais viáveis. O concreto tem vida útil de 50 anos. Já deu pra Brasília.

  9. Brasilia esta finalmente caindo na real, na realidade do resto do pais!! Inclusive no modo de gerir o dinheiro arrecadado dos impostos dos cidadãos e eleitores, q mais uma vez graças a atitude “horaciana” e corruPTa sofre tambem para voltar a sua residencia, para se ter o direito de descansar: um dos mais basicos q mais uma vez a bananis do Congresso Nacional e suas ramificacoes estadual e municipal estão liquidando o pais! Mas o povo so pensa no carnaval! Em mijar na rua, se drogar e etc. Ridiculo!!

  10. Transito carregado até pode nem haver.
    A imensa tonelagem que sobrecarrega e compromete as estruturas viárias de Brasília deve ser mesmo as malas e cuecas pesadíssimas, recheadas de dólares que circulam pelas vias da cidade, sob os mantos da escuridão.