ACESSE

Defesa de Adriana Ancelmo negocia delação

Telegram

A defesa de Adriana Ancelmo negocia desde fevereiro com o MPF do Rio de Janeiro sua delação premiada.

Diz O Globo:

“O MPF quer basicamente histórias heterodoxas do Judiciário, de escritórios de advocacia e do hoje presidiário Régis Fichtner, um dos ex-braços direitos de Cabral. Adriana, até este momento pelo menos, reluta em falar do Judiciário”.

Lava Jato na mira Confira

Comentários

  • mara -

    Abra o bico !!! entregue esses bandidos de TOGA, maléficos a sociedade !!!

  • Noely -

    Foram-se os anéis ficaram as barras de ferro.

  • José -

    Difícil delatar alguém do STJ ou do STF, afinal são eles que tem o poder de passar por cima da lei e libertar quem bem entenderem. Recorrer a quem para questionar injustiças em um deles? Caserna

Ler 30 comentários