Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Defesa de Aécio afirma que os 128 milhões bloqueados por juiz "nunca entraram" na conta do tucano

Defesa de Aécio afirma que os 128 milhões bloqueados por juiz “nunca entraram” na conta do tucano
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A defesa de Aécio Neves “considera inusitada e incompreensível a determinação de bloqueio das contas pessoais do deputado e já apresentou recurso contra ela”.

De acordo com o advogado de Aécio, “os valores referem-se, na sua grande maioria, segundo os próprios delatores, a doações eleitorais feitas pela JBS a diversos partidos políticos em 2014. Doações, inclusive, declaradas ao TSE”.

E ainda que “o destino final desses recursos comprovadamente foram os diferentes partidos políticos da coligação do PSDB. Nunca houve sequer uma acusação de que o deputado Aécio tenha se beneficiado pessoalmente de nenhum centavo”.

A defesa também afirma que “os aventados R$ 128 milhões (bloqueados) nunca entraram, saíram ou transitaram nas contas do deputado, que, ao longo dos anos, não chegou a ter como saldo, entre conta bancária e aplicação financeira, sequer 1% de tal valor”.

O advogado do tucano também “reafirma a falsidade das acusações feitas pelos delatores da JBS na busca desesperada pela validação de seu acordo de delação e aguarda a conclusão das investigações para o restabelecimento da verdade”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO