Defesa de Battisti pede redução de pena com base em leis brasileiras

Telegram

A defesa do terrorista Cesare Battisti pediu uma redução de sua pena para 30 anos de reclusão com base na lei brasileira, informa a agência France Presse.

O advogado Davide Steccanella alegou que Battisti, capturado na Bolívia, deveria ter retornado ao Brasil em vez de ser levado diretamente à Itália.

Também disse –sabe-se lá com base em quê– que o Brasil não o teria extraditado até ter certeza de que o terrorista pegaria no máximo 30 anos de prisão.

“ Lula tá preso, babaca!” - Agora por mais 12 anos e 11 meses. Leia aqui!

Condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos, Battisti fugiu para não cumprir a pena e contou com a generosidade de Lula, que em 2010 se recusou a extraditá-lo. Hoje, está numa prisão de segurança máxima na Sardenha.

Comentários

  • Idgar -

    A defesa do Batisti sabe bem como funciona o Judiciário brasileiro, de Gilmar Mendes e Celso de Mello, que confunde racismo com homofobia, na malandragem, de forma a legislar sutilmente.

  • ADALMO -

    Se depender das leis brasileiras logo estará solto.

  • Eugênio -

    Gilmar está ocupado com suas malandragem. Ele não pode te salvar malandro kkkkk. Acho que nem se salva a própria alma.

Ler 80 comentários