Defesa de brigadistas de Alter do Chão vai à Justiça para que polícia ouça testemunhas

A defesa dos brigadistas de Alter do Chão protocolou uma petição na Justiça para que a Polícia Civil ouça o depoimento de cinco pessoas que podem ajudar a esclarecer as circunstâncias dos incêndios ocorridos em setembro deste ano.

Segundo o G1, um outro pedido semelhante havia sido protocolado em 5 de dezembro, antes da conclusão do inquérito policial, mas as testemunhas não foram ouvidas.

Como mostramos, a Polícia Civil do Pará indiciou Daniel Gutierrez Govino, João Victor Pereira Romano, Marcelo Aron Cwerner e Gustavo de Almeida Fernandes pelos incêndios na área de proteção ambiental em Alter do Chão.

01 de Jair Bolsonaro sem blindagem. CONFIRA
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO