Defesa de Lula fala em “grande risco de confrontação”

No pedido de habeas corpus preventivo ao TJSP, os advogados de Lula acusaram Cassio Conserino de coação ilegal e inversão da lógica do sistema acusatório.

Cristiano Zanin e equipe também criticaram a divulgação de horário e local das oitivas (que não acontecerão), com “grande risco de manifestações e confrontos entre grupos políticos favoráveis e contrários”.

Na prática, o HC já perdeu objeto após explicações de Conserino sobre erro técnico na notificação de Lula e seus familiares. O caso está com o desembargador Valdir Nuevo Campo.

Faça o primeiro comentário