Defesa de Temer cita entrevista de Eduardo Cunha

Os advogados de Michel Temer usam, ora vejam só, a entrevista de Eduardo Cunha à Época, para defendê-lo contra a segunda denúncia da PGR:

“E no momento em que se prepara esta peça, vem a público entrevista concedida pelo ex-Deputado Eduardo Cunha à revista Época (2 de outubro), na qual ele expõe as entranhas dos processos de delação capitaneados pelo ex-Procurador- Geral da República. O derrotado no ‘processo licitatório’ é categórico ao dizer: ‘Janot queria que eu colocasse mentiras na delação para derrubar o Michel Temer. (…) Mas não vão me usar para confirmar algo que não fiz, para atender aos interesses políticos do Janot. Ele operou politicamente esse processo de delações.'”

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 13 comentários
  1. A maior de todas as coincidências foi a delação ter saído justamente quando a reforma da Previdência estava pra ser aprovada.
    Wesley: “Estou com a impressão de que a velocidade está ligada a não dar tempo de deixar a turma que está aí conquistar avanços, tanto do lado do julgamento lá, que começou anteontem, e como do lado de reformas.”
    Joesley: “Eu também tenho exatamente essa impressão. Essa é uma arma que eles têm e estão pensando que está precisando usar, que está na hora de usar.”

  2. Mas no Brasil atual, tem eleições de 2 em 2 anos!
    Esquece-se desse detalhe PRAGMÁTICO?
    E no Brasil, a eleição está vinculada a partido sim.
    A escolher. A tomar posição.
    Foi o que fez o MBL.
    E também, posteriormente, o
    pragmático corajoso e empírico Arthur do “Mamãe Falei”.
    Isso não é problema nenhum.
    Pelo menos MBL e o Arthur lutam contra o lixaço da doutrina
    petista (conhecida como Petismo), lutam contra o brega, o barangismo,
    o mau gosto, o cafona,
    o lixo se figindo de arte em galeria picareta do sul
    e o Kitsch. Pelo menos isso!

  3. Por que “ora vejam só”, Antagonistas? Vocês citaram adoidado a entrevista do Joesley Safadão à Época, de junho, em que ele afirmava que Temer e Aécio eram os chefes de tudo e Lula e Dilma eram fichinhas. Há alguma diferença entre usar uma e outra? É só uma pergunta…

  4. Por que Temer não menciona as 42 perguntas que Cunha fez a ele há mais de um ano atrás, incriminando-o frontalmente??? MUITO HILÁRIO TUDO ISSO! Ele falou sobre Edgar, Altair, Coronel Lima, Arlon Viana, Grecco, Rodrimar? NADA, né???????

  5. Ontem descobri como os petistas de carteirinha definem sua ideologia:
    ROUBAR DE QUEM TEM PARA DAR AOS QUE NÃO TEM É NORMAL, PERFEITAMENTE LÍCITO…
    ESSES CARAS SÓ PODEM SER LOUCOS…
    VÃO TRABALHAR VAGABUMDOS…
    Agora o Temer … sua ideologia é pegar um pouco de quem tem e dar bananas a quem não tem… kkk

  6. Mais uma prova de que a Entrevista do Eduardo Cunha para a Época foi combinada previamente, para que desse tempo para o Temer usar em sua defesa.
    Michel Temer achou alguém para pagar o Alpiste para o passarinho Eduardo Cunha.
    Esse país é um lixo.