DELAÇÃO DE OTAVIO AZEVEDO MATA LINDBERGH

A pedido da Polícia Federal, o ministro Teori Zavascki incluiu no inquérito contra Lindbergh Farias a delação premiada de Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez.

Teori se baseou em parecer favorável da PGR. Lindbergh recebeu da empreiteira R$ 2 milhões em doações de campanha. O repasse foi intermediado pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Azevedo confirmou em sua colaboração vários encontros com o petista e disse que o dinheiro repassado a ‘Lindinho’ era propina pura, puríssima.

Faça o primeiro comentário