Delação pode seguir

Marco Aurélio Mello disse que, apesar da suspensão por Rodrigo Janot, a colaboração premiada de Léo Pinheiro pode seguir diretamente com Sérgio Moro.

“Eu não acredito que o procurador-geral da República adote a postura de não querer mais tocar a colaboração. E, de qualquer forma, se ele recusar,o corréu pode chegar a juízo e colaborar”, disse, segundo o Estadão.

Faça o primeiro comentário