ACESSE

Delatado pela Camargo Corrêa é exonerado do Ministério da Saúde

Telegram

O médico Flávio Vormittag foi exonerado do cargo de coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, informa Fabio Leite na Crusoé.

No início deste mês, Crusoé revelou que Vormittag foi acusado por dois ex-executivos da Camargo Corrêa de ter recebido propina de R$ 1,8 milhão em 2013, quando chefiava a estatal paulista Furp.

Leia a reportagem:

Delatado pela Camargo Corrêa é exonerado do Ministério da Saúde

A Floresta Amazônica vai virar carvão mesmo? Leia aqui

Comentários

  • Massaaki -

    Ele foi Vormitag do cargo...

  • Marcelo -

    Os motivos e o sobrenome do médico sugerem que, mais do que defenestrado, ele foi regurgitado do carto.

  • Juarez -

    Dramin resolve.

Ler 4 comentários