Delator confirma venda do PDT em 2014

Fernando Reis, embora diga que, não, a Odebrecht Ambiental não pagou propina, atuou como contato do grupo para a compra de apoio do PDT para a campanha de reeleição de Dilma em 2014.

Em seu depoimento ao TSE, ele deixa claro que o repasse de R$ 4 milhões não foi uma simples doação. “Conte com o compromisso. É importante para atender à encomenda que nos foi feita que vocês confirmem a participação na chapa e nós retomaremos o contato no final do mês de julho.”

Reis relatou contatos com Carlos Lupi e Marcelo Panella, a quem entregou a propina.

“Voltei a procurar o Sr. Marcelo Panella no final de julho e marcamos, na verdade, quatro entregas a ele de um milhão de reais cada, perfazendo os quatro milhões de reais. Essas entregas foram feitas.”

Faça o primeiro comentário