ACESSE

Delator da Odebrecht entrega planilha com gastos em sítio de Atibaia

Telegram

O engenheiro Emyr Costa Júnior, delator da Odebrecht, entregou à Justiça Federal do Paraná uma planilha que relaciona gastos de R$ 700 mil com o sítio de Atibaia –aquele mesmo que não é de Lula–, informa O Globo.

O dinheiro saiu direto do departamento de propina da empreiteira para custear a compra de materiais de construção para a reforma no sítio, segundo Emyr.

A planilha lista quatro lançamentos entre os dias 16 e 30 de dezembro de 2010, último ano do governo Lula –R$ 380 mil, R$ 120 mil, R$ 197,9 mil e R$ 2,1 mil.

O engenheiro afirma que recebeu em dinheiro no Projeto Aquapolo, no ABC paulista, onde trabalhava na época, os valores enviados pela equipe de Hilberto Silva, chefe do departamento de propina da Odebrecht.

De acordo com o MPF, o documento apresentado pelo colaborador foi localizado pela equipe de perícia nos discos rígidos fornecidos pela empreiteira.

Ele corrobora as declarações de Emyr Costa em abril, citando Rogério Aurélio Pimentel, assessor de Lula no Palácio do Planalto.

O leitor de O Antagonista também deve se lembrar do que Emyr disse à PGR —que ajudou Roberto Teixeira a redigir um contrato falso para maquiar o envolvimento da Odebrecht na reforma do sítio.

 

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 44 comentários