Delator da Registro Espúrio é solto

A juíza Pollyanna Kelly, da 12º Vara Federal do Distrito Federal, determinou a soltura de Renato Araújo Júnior, ex-coordenador-geral de Registro Sindical do Ministério do Trabalho.

Araújo Júnior integrava o esquema de venda de cartas sindicais em troca de propina para políticos do PTB e do Solidariedade.

Ele fechou com a PF um acordo de colaboração premiada, confessou os crimes e apresentou provas comprometedoras contra vários outros integrantes.

Você precisa redobrar a atenção no 2º turno. Entenda por que clicando AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 9 comentários
  1. Por falar em Registro, como ficou o escândalo do falso registro de entrada do Terrorista Adélio Bispo na Câmara dos Deputados? Foi o computador que se digitou sozinho? É um lobo solitário? É um