Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Delator fotografou Baldy em aeroporto no dia da entrega da propina, segundo MPF

Delator fotografou Baldy em aeroporto no dia da entrega da propina, segundo MPF
PARANAIGUARA GO-11.05.2018- MINISTÉRIO DAS CIDADES- O Ministro das Cidades Alexandre Baldy visita obras de Casas do Programa Minha Casa Minha Vida que estão paralisadas, em Paranaiguara, Goiás. LÚCIO TÁVORA/ MCIDADES

Uma foto obtida pela Lava Jato no Rio mostra Alexandre Baldy entrando em um avião particular, em Goiânia, no mesmo dia em que teria recebido a propina para o caixa dois de sua campanha de 2014.

A imagem foi obtida na nuvem do celular de Edson Giorno, um dos delatores da Operação Dardanários e foi anexada à denúncia apresentada hoje contra Baldy e outros dez investigados pelo MPF.

Na época, Alexandre Baldy era secretário de Comércio de Goiás.

Em delação premiada, Edson Giorno, que trabalhava na organização social Pró-Saúde, disse ao MPF ter entregue R$ 500 mil a Baldy em cinco ocasiões, sempre no Hotel Castro, em Goiânia. Goirno disse ser o responsável por cuidar dos pagamentos de caixa dois da empresa.

Segundo o MPF, a foto foi tirada no dia 13 de novembro de 2014, “data que coincide com um dos registros de hospedagem de Edson no Hotel Castro em Goiânia”. O MPF também obteve mensagens entre Baldy e Giorno combinando o encontro.

Segundo a denúncia, o próprio Hotel Castro disse, em resposta à intimação do STF, ter hospedado Giorno em cinco datas, em 2014, entre setembro e novembro. Para os procuradores, não há dúvida de que os encontros em Goiânia serviam para a entrega de “valores em espécie”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO