DELATOR IMPLODE PICCIANI PAI

O Globo diz que Benedicto Barbosa Júnior, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, contou à força-tarefa da Lava Jato que Jorge Picciani, presidente da Alerj e pai de Leonardo, cobrou propina em três campanhas eleitorais consecutivas.

Não há detalhes sobre que campanhas seriam essas, mas o dinheiro foi depositado em contas que o BVA mantinha no exterior. A propina teria saído da reforma do Maracaná e da construção da Linha 4 do Metrô. Picciani já foi delatado pela Carioca Engenharia.

Implodindo Picciani pai, o filho vai junto.

Faça o primeiro comentário