​Delator não é dedo-duro

Diante dos deputados, Sérgio Moro falou sobre a importância dos criminosos que decidem colaborar com as investigações como a da Lava Jato.

“Não são dedos-duros. São pessoas corajosas, que revelam fatos importantes e que têm suas vidas impactadas por isso”, disse.

Ouviu, Dilma?

Faça o primeiro comentário