ACESSE

DELATORES NARRAM PAPEL DE ERENICE, CARDEAL E PALOCCINHO EM FRAUDE DE BELO MONTE

Telegram

Na representação do MPF sobre o esquema de Belo Monte, obtida por O Antagonista, delatores da Odebrecht e da Andrade Gutierrez envolvem diretamente o governo Dilma Rousseff na fraude de Belo Monte.

Eles falam da pressão sobre Roger Agnelli e como Erenice Guerra enviou Valter Cardeal e Adhemar Palocci, o Paloccinho (irmão do ex-ministro), para a reunião privada do consórcio liderado pela Vale, na qual foi definida a tarifa de energia que seria ofertada no leilão.

Com base nessa informação privilegiada, o governo improvisou um segundo consórcio – liderado pela Chesf e com empresas sem capacidade técnica -, que apresentou no dia do leilão uma tarifa com deságio de 6% e venceu a concorrência.

“Uma verdadeira fraude à licitação por parte do próprio governo”, dizem.

 

Bolsonaro conseguirá 'despetizar' a máquina pública? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Alfredo -

    Fraude uma especialidade dos governos corruptos do PT.

  • Maria -

    É, gente. Deu pt mesmo: perda total. Quanto mais se escarafuncha essa petralhada, mais e mais corrupção se acha. É mesmo a metástase. Câncer generalizado mata. Quem vai ressuscitar o Brasil depois dessa doença chamada pt (e os outros partidos também)? Como? São muitas as frentes a serem recuperadas. Não vai dar. Povo do pt roubou tudo e quem está ainda por aí no governo continua roubando ou se beneficiando. Na cara dura! Na cara de pau! Sem vergonha na cara! Deus é mais. Feliz de mim que creio nEle. Sua Justiça não faltará! Povo do pt não tem medo nem do mármore fervente! Rá!!!

  • lfckastrup -

    O Brasil precisa de uma câmara de gás, nos moldes de Treblinka, para enviar todos esses elementos nefastos que são o atraso do nosso país. Uma hora tem de ser feita essa desratização. Não é possível.

Ler 120 comentários